Futebol

Renan Lodi é o substituto perfeito para Marcelo?

O jovem Renan Lodi, do Atlético de Madrid, está rapidamente fazendo seu nome, não apenas na Seleção, mas também em toda a Europa. Quando Atlético contratou o atleta de 22 anos do Athlético Paranaense, provavelmente ele passou pelo radar da maioria das pessoas.
Porém, ao chegar ao Wanda Metropolitano, o lateral-esquerdo foi direto para o time titular de Diego Simone. Na verdade, ele apareceu em 32 dos 38 jogos do Atlético na La Liga e participou de nove partidas na Liga dos Campeões, incluindo viradas impressionantes contra o Liverpool, com a equipe de Simone eliminando o atual campeão nas oitavas.

Não foi apenas no Atlético que Lodi roubou a cena, o jogador de 22 anos já se tornou o principal lateral-esquerdo da Seleção. Depois de substituir Alex Sandro da Juventus na estreia contra o Senegal em outubro do ano passado, Lodi foi um dos primeiros nomes na escalação da seleção do técnico Tite e ainda não teve uma atuação ruim.
Em suas últimas sete partidas pelo Brasil, o lateral-esquerdo deu impressionantes quatro assistências e está aproveitando a liberdade de atacar que recebeu de Tite – algo que o sempre exigente Simeone não lhe concedeu no Atlético.

“Eu sou quase outro atacante!” Lodi disse à FIFA.com antes da recente vitória do Brasil sobre o Uruguai, na qual assistiu Richarlison do Everton para o segundo gol na vitória por 2 a 0.
“Tenho mais liberdade para atacar na Seleção. Não é assim no meu clube. Eu realmente gosto disso. Com Tite, ele me pede para ir à frente, sim, mas também para manter sempre minhas responsabilidades defensivas.”
Claro, Marcelo, lenda do Brasil e do Real Madrid, compartilha características muito semelhantes, e parece que Lodi é o substituto perfeito para o jogador de 32 anos, que não é escolhido para representar seu país desde 2018.

Quando um jogador com a habilidade e experiência de Marcelo descobre que seu tempo acabou em nível internacional, muitas vezes não é uma solução rápida encontrar um substituto adequado, afinal, eles não podem simplesmente sair e comprar um. Veja quanto tempo levou para o Brasil encontrar um substituto adequado para Ronaldo, e a falta de um atacante de qualidade sem dúvida acabou com qualquer esperança de vitória na Copa do Mundo em torneios recentes. Por isso, em muitos aspectos, a Seleção tem muita sorte que o jovem subiu e já está jogando sob pressão.
Faltando ainda dois anos para a Copa do Mundo de 2022 no Catar, onde o Brasil é um dos favoritos para quem busca uma aposta esportiva, Lodi só vai melhorar, e a Copa América do ano que vem vai colocá-lo em boa posição para mostrar ainda mais seu futebol.

Lodi também revelou na entrevista à FIFA que classifica Andy Robertson, do Liverpool, e Alphonso Davies, do Bayern de Munique como os melhores laterais esquerdos do mundo, mas se ele continuar jogando nos mesmos padrões elevados e ajudar a impulsionar o Atlético para seu primeiro La Título da Liga desde 2014 este ano, seu nome logo poderia ser mencionado no mesmo nível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *