Flu tem, em média, menos de três dias de descanso entre um jogo e outro em 2022
Futebol

Flu tem, em média, menos de três dias de descanso entre um jogo e outro em 2022

Fluminense venceu o Cuiabá por 1 a 0, sábado, fora de casa (Foto: Mailson Santana – FFC)

O Fluminense venceu, a duras penas, o Cuiabá, por 1 a 0, sábado, na Arena Pantanal, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O gol veio nos descontos com Paulão marcando contra. A dificuldade tricolor pode se explicar, também pelo desgaste. Afinal, com a sequência de jogos e competições, desde o início da temporada, o tempo médio de descanso entre as partidas tem sido inferior a três dias.

Desde sua estreia no Cariocão Betfair 22, no dia 27 de janeiro, contra o Bangu, praticamente todas as semanas foram cheias. A média entre um jogo é outro é de 2,6 dias. O máximo de tempo sem entrar em campo foi quando o Flu parou por cinco dias entre as duas semifinais do Estadual contra o Botafogo, quando houve uma Data Fifa com partida da seleção no Maracanã, além do intervalo de quatro dias entre eliminação para o Olimpia (PAR), na Libertadores, e o primeiro duelo da semi do Carioca.

Mesmo que a temporada esteja apenas no início, essa maratona não está nem perto de terminar. A previsão é que a primeira semana livre seja entre 19 e 26 de junho, na 13ª e 14ª rodadas do Brasileirão. Isso porque, mesmo que o Fluminense avance para as oitavas da Sul-Americana, as datas divulgadas para a Conmebol na ida são 28 a 30 de junho e 5 a 7 de julho para a volta.