Celso Barros Fluminense
Futebol

Após eliminação do São Paulo de Diniz, Celso Barros cutuca: “Este é o nosso futebol…”

Após a troca de farpas entre Fernando Diniz e Celso Barros na saída do técnico do Fluminense no ano passado, o dirigente voltou a citar o ex-companheiro de clube em tom de ironia nas redes sociais nesta quinta-feira. Com a eliminação do São Paulo para o Mirassol nas quartas de finais do Campeonato Paulista, o vice-presidente geral do Tricolor Carioca publicou a seguinte mensagem em seu Instagram:

– O São Paulo do técnico Fernando Diniz, foi eliminado das finais do Campeonato Paulista, pelo Mirassol do técnico Ricardo Catalá. Interessante analisar, que o clube do interior perdeu, devido a pandemia, cerca de 18 jogadores, e o artilheiro do jogo com dois gols, foi o atacante Zé Roberto, recém desembarcado no clube, e que fez apenas alguns poucos treinos e foi inscrito na véspera do jogo. Este é o nosso futebol…

Celso Barros é desafeto de Fernando Diniz dos tempos de Flu — Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Celso Barros é desafeto de Fernando Diniz dos tempos de Flu — Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Celso Barros foi o maior defensor da demissão de Fernando Diniz do Fluminense. O dirigente chegou a afirmar em entrevista coletiva no ano passado que “se pode jogar lindamente, mas sem resultados fica difícil”. Após ser demitido, Diniz criticou o vice-presidente tricolor:

– Eu procurava focar em quem remava junto (…). Só agradeço às pessoas que merecem ser agradecidas. Não saio magoado com Celso. Absolutamente. Só fico magoado com quem eu gosto e com quem gosta de mim. Então, não sinto nada. Absolutamente nada – disse na época.

Na época, Celso Barros respondeu desta forma nas redes sociais:

– Caro Diniz, gostaria de cumprimentá-lo e agradecer o trabalho que você fez no Fluminense. Tenho certeza que você terá muito sucesso na sua carreira. Estarei na torcida. Fique com Deus. Forte abraço!

Coletiva pós saída de Fernando Diniz do Flu — Foto: Hector Werlang

Coletiva pós saída de Fernando Diniz do Flu — Foto: Hector Werlang

E às vésperas do jogo entre Flu e São Paulo pelo Brasileirão passado, o dirigente – já então afastado do comando do futebol pelo presidente Mário Bittencourt -, fez um post criticando a campanha de Diniz à frente do time de Laranjeiras:

– Nos primeiros 15 jogos sob o comando de Fernando Diniz tivemos um aproveitamento de 27%. Sob o comando de Oswaldo de Oliveira e Marcão esse número subiu para 42%. Se durante todo o campeonato tivéssemos esse índice o FLU hoje não estaria na zona de rebaixamento.

Fonte: GE.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *